Oferta: Segundo semestre.

Ementa: Conceitos, metodologias, e técnicas para o auxílio da execução de trabalhos relativos à Tecnologia da Informação (Desenvolvimento de Sistemas, Engenharia de Software, Banco de Dados, Redes de Computadores, Governança de TI); Tendências de novas tecnologias da informação e suas particularidades; Desenvolvimento de atividades práticas elaboração de projetos de Tecnologia da Informação; Seminários sobre estudos de tópicos em tecnologia da informação.

Competências: Compreender a importância da governança em TI. Realizar levantamento e análise de requisitos para desenvolvimento de sistemas em domínios específicos; Desenvolver um produto de software confiável e de qualidade, laborando documentação adequada.

Habilidades: Implementar das melhores práticas em governança para alinhar a TI aos objetivos gerais do negócio. Identificar melhorias que a governança de TI pode realizar nas organizações.

Oferta: Segundo semestre.

Ementa: Conceitos Fundamentais de Sistemas Distribuídos; Paradigmas de Sistemas Distribuídos; Definições de Processos e Threads; Comunicação em Sistemas Distribuídos; Sincronização em Sistemas Distribuídos; Conceitos de Middleware; Redes P2P: conceitos básicos, arquiteturas, aplicações; Introdução a Grades Computacionais; Tecnologias de Middleware Tradicionais; Middlewares de Nova Geração.

Competências: Analisar de maneira objetiva o funcionamento dos sistemas distribuídos e suas aplicações, assim como a sua necessidade no cotidiano profissional; Entender os fatos históricos do início e da evolução dos sistemas distribuídos; Entender as dificuldades existentes para utilização de sistemas distribuídos, assim como os tipos de mecanismos utilizados para tolerâncias a falhas.

Habilidades: Dominar as aplicações dos principais modelos de sistemas distribuídos; Entender os princípios e uso dos principais serviços de sistemas distribuídos; Interpretar as políticas de segurança e os métodos de invocação remota nos sistemas distribuídos.

Oferta: Segundo semestre.

Ementa: Introdução a Interação Humano-Computador; Conceitos de qualidade em IHC; Interação: paradigmas e estilos; Fundamentos teóricos; Engenharia cognitiva; Engenharia semiótica; Padrões de Interação; Processo de desenvolvimento de sistemas interativos; Análise de usuários, tarefas e ambiente de trabalho; Projeto de interfaces; Modelo de componentes de IHC; Qualidades ergonômicas; Avaliação de interfaces; Técnicas prospectivas; Técnicas preditivas; Avaliações analíticas; Avaliações heurísticas; Inspeção ergonômica via checklist; Técnicas objetivas; Ensaios de interação; Os sistemas de monitoramento; ISO Usabilidade - ISO-9241.

Competências: Conhecer os princípios da Interação Homem-Computador e conhecimento de instrumentos e técnicas que permitam o delineamento de interfaces em projetos de sistemas.

Habilidades: Entender os fundamentos básicos da Interface Homem-Computador. Entender as diferenças entre as engenharias Cognitiva e Semiótica. Entender os guias, modelos e técnicas de modelagem, assim como suas utilizações. Entender como Projetar e Avaliar Interfaces.

Oferta: Segundo semestre.

Ementa: O histórico e o conceito de qualidade. O conceito de qualidade de software. Métricas de qualidade de software. Normas de qualidade de software. Técnicas de garantia da qualidade de software. Teste de software: conceitos, tipos e aplicação no contexto da qualidade. Modelos de melhoria do processo de software. Planejamento de sistemas de qualidade de software. Padrões: ISO, SEI, CMM.

Competências: Conhecer o conceito de qualidade de software e suas implicações; Conhecer os aspectos teóricos e práticos de um processo de gerenciamento da qualidade de software.

Habilidades: Alcançar as habilidades e competências necessárias para a implementação de um processo de garantia da qualidade de software.

Oferta: Segundo semestre.

Ementa: Programação shell script, Agendamento de tarefas, Agendamento de Backups, configuração de servidores GNU/Linux de segurança e comunicação: VPN (Virtual Private Network), Firewall, Proxy, LDAP (Label Distribution Protocol), DNS (Domain Name System), DNSSEC (Domain Name System Security Extensions), DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol), Correio eletrônico, Princípios de Virtualização de servidores, Conceitos de computação em nuvem e Data Center, Sniffer de redes; Logs do Sistema; Ferramenta para Auditoria do Sistema; Política de Segurança; IDS (Intrusion detection system) e IPS (Intrusion Prevention System).

Competências: Elaborar e implantar políticas de segurança; - Gerir a segurança em redes de computadores; Projetar e gerenciar mecanismos de segurança para sistemas de informação.

Habilidades: Elaborar planos de recuperação de falhas e de resposta a incidentes; Planejar e implementar auditoria de segurança; Instalar e configurar de ferramentas de segurança; Elaborar políticas de controle de acesso; Conhecer e utilizar protocolos de segurança.

Oferta: Segundo semestre.

Ementa: Perfil do empreendedor; Identificação e aproveitamento de oportunidades; Planos de negócios; Aquisição e gestão de recursos necessários aos negócios; Assessoria para o Negócio (incubadoras); Marcas, patentes e proteção de software; Criação de empresas de Tecnologia da Informação; Ganhando dinheiro com a reciclagem e o meio ambiente. Meio ambiente e o lixo como oportunidade de negócios.

Competências: Demonstrar as práticas empreendedoras no contexto do desenvolvimento sócio econômico; Compreender e analisar as atividades do mundo dos negócios, através de uma visão empreendedora; Reconhecer o empreendedorismo com uma arte que pode ser aprendida, praticada e desenvolvida.

Habilidades: Compreender que o mundo complexo dos empreendedores envolve o ser humano indissociável, no campo pessoal e no profissional; Reconhecer o ser empreendedor dentro de cada pessoal e direcioná-la para a prática do negócio; Definir as características, as atitudes e o comportamento que constroem um empreendedor.

Oferta: Segundo semestre.

Ementa: Princípios e diretrizes da acessibilidade comunicacional; alfabeto manual, cores e vestuário; verbos com classificação, marcadores e usos; números ordinais, cardinais e quantidade; dias da semana, meses e ano; datas comemorativas; relacionamentos e família; pronomes pessoais, possessivos, adjetivos e advérbios; coisas e ambientes da casa; materiais e ambientes da escola; profissões, meios de comunicação e transporte; alimentos; animais, natureza e biodiversidade; lugares e ambientes públicos e privados; corpo humano, saúde e doença; e libras aplicada à especificidade da temática do curso e às necessidades comunicacionais e educacionais.

Competências: Conhecer as concepções sobre surdez; Compreender a constituição do sujeito surdo; Identificar os conceitos básicos relacionados à LIBRAS; Identificar os fatores a serem considerados no processo de ensino da Língua de Sinais Brasileira dentro de uma proposta Bilíngue.

Habilidades: Analisar a história da língua de sinais brasileira enquanto elemento constituidor do sujeito surdo; Caracterizar e interpretar o sistema de transcrição para a LIBRAS; Caracterizar as variações linguísticas, iconicidade e arbitrariedade da LIBRAS; Conhecer e elaborar instrumentos de exploração da Língua de Sinais Brasileira.